Beto Santos
Eu Hein
Madruga
Setupega
Wela
Ranzinza
Psycho
JM




O Globo
T.S.E.
IBOPE
Isto é




8.9.02

 
Recebemos esse e-mail em nossa redação, e o colocamos no ar... é estarrecedor.
eis a íntegra:

Boa noite! Lhe envio um texto sem dúvida polêmico, porém, interessante. Trata-se da notícia "Advertem sobre aliança Fidel Castro-Lula-Chávez", publicada num jornal da Flórida, o Diário Las Américas (1o.-set.-2002). E acabo de ler na edição Internet do Estado de S. Paulo (4-set.-2002) a reportagem "Para Lula, vitória do PT mudaria a América do Sul", com declarações deste que vão na mesma linha: "Uma vitória nossa muda muita coisa na região, repercute na Argentina, no Uruguai, Paraguai e Colômbia". Estou fazendo mestrado em ciência política na Flórida, e acompanho com interesse as notícias de meu Brasil. Envio-lhe um abraço e aguardo seu retorno.

Luiz Carlos Ferreira dos Santos / Miami


Advertem sobre aliança Castro-Lula-Chávez

No caso de uma vitória eleitoral, no Brasil, do candidato esquerdista Lula da Silva, poderia produzir-se um "efeito dominó" na região

WASHINGTON (DC), Set. 1º, 2002 (DI) - "Os efeitos políticos de uma eventual vitória do esquerdista Partido dos Trabalhadores, no Brasil, nas eleições de outubro próximo, poderão ser ainda piores que os efeitos econômicos, pois ficaria constituído um eixo Castro-Chávez-Lula, capaz de impelir para a esquerda outros países sul-americanos e de estabelecer uma perigosa aliança estratégica com a China comunista, assim como com o Irã e o Iraque, dois países terroristas", advertiu o Dr. Constantine Menges, investigador do Hudson Institute, professor da George Washington University e ex-assessor de Segurança Nacional da presidência dos Estados Unidos.

Menges, que acaba de lançar seu estudo "A Strategic Warning: Brasil", destacou a importância crescente do gigante sul-americano e elogiou a capacidade e inteligência de sua população, assim como seu enorme potencial de recursos naturais. Porém, ao mesmo tempo, disse que uma vitória de Lula da Silva poderia provocar um "efeito dominó" em países como Colômbia, Bolívia, Equador e inclusive Argentina, consolidando no curso de 2003 um gigantesco bloqueio sul-americano de esquerdas. O especialista do Hudson Institute não descartou que, nessa perspectiva, a região possa ser usada como plataforma de agressão contra os Estados Unidos, por movimentos terroristas islâmicos.

O Dr. Menges acrescentou que atualmente Lula está tentando apresentar uma imagem moderada, porém que isso é um mero jogo eleitoral. Nesse sentido, citou palavras do próprio candidato das esquerdas, reconhecendo que, embora tenha adaptado algumas estratégias, os objetivos revolucionários continuam sendo os mesmos. Menges recordou finalmente que em 1990, pouco depois da desintegração do império soviético, Fidel Castro e Lula da Silva fundaram o Foro de São Paulo com o objetivo de reagrupar todas as forças comunistas, pró-comunistas e terroristas do continente.

A última reunião do Foro de São Paulo celebrou-se em Havana, em dezembro de 2001, com a presença de Lula da Silva. Em 4 de fevereiro de 2002, em um gigantesco auditório da Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre - no estado do Rio Grande do Sul, limítrofe com Argentina e Uruguai - centenas de delegados do Fórum Social Mundial e do Foro de São Paulo acordaram estreitar vínculos estratégicos, anunciando uma reunião de Chefes de Estado no marco do próximo 3º Fórum Social Mundial, a realizar-se em Porto Alegre, em janeiro de 2003. A essa reunião poderiam assistir Chávez, Castro e Lula, como eventual presidente eleito do Brasil.

DI020901 Destaque Internacional

TELEFONES PARA CONTATO:

Dr. Constantine Menges, Hudson Institute, Washington (DC): (1-202) 974-2410 e
(1-202) 223-7770

SUA VALIOSA OPINIÃO:


Ligue Dja...


 
Utilidade

Pelo menos pra uma coisa serviu a forte ventania de sábado pela manhã no Rio: destruiu centenas de galhardetes e outdoors de políticos que emporcalham a cidade.



Único dia

Ainda pegando carona no que disse o Setupega aqui abaixo, parece que se o candidato oficial for eleito, a semana de trabalho-trabalho-trabalho-trabalho-trabalho será de apenas um dia: segunda-feira. Logo se conclui que os demais dias serão para descanso. Caso eu tenha entendido direito, vou logo declarando meu voto: Eu voto nele!!!

7.9.02

 
Analisando o principal programa do candidato oficial, encontramos um erro logo de cara... o PROGRAMA SEGUNDA FEIRA, tem tudo pra dar errado, a começar pelo nome, segunda feira??? fala sério, tinha que começar na quinta, pra gente enforcar na sexta.

O Doutor Albieri volta a atacar, agora com a alcunha de PROFESSOR GASPAR tenta uma bocada no congresso nacional.
- Se eleito irei criar a CLONOBRAS, empresa que criará empregos clonados e eleitores futuros, quer dizer gente.

Um momento espiritual...


Programa para o próximo fim de semana:
Toda sexta feira, a RedeTV, faz entrevistas com os candidatos a Presidente, na próxima quem vai lá é o Ciróquio... não esqueça e divirta-se.

20:00

6.9.02

 
Pesquisa



O nosso Instituto de Pesquisas pergunta:

Quem deveria ter ido ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001 para não ficar enchendo seu saco agora?

(a) Ciro Gomes
(b) Garotinho
(c) José Serra
(d) Lula
(e) Equipe Votoquepariu!
(f) ________________ (parente, amigo ou qualquer um que você ache que mereça estar aqui)

Vote pelo nosso e-mail ou pelos comentários. Não prometemos prêmios porque quem faz promessa e não cumpre são os políticos.

.



 
Benedita diz que tem trauma de carregar lata d'água na cabeça

Visitando uma estação de distribuição de água da Cedae (Companhia de águas e esgoto do RJ), a governanta e candidata à reeleição Bené-dita, disse que tem trauma da falta de água, pois teve que carregar latas d’água na cabeça por mais de 30 anos, quando morava no morro Chapéu Mangueira. Mas hoje é diferente, não precisa mais disso. Aliás, nem que ela quisesse ia poder meter um latão na cabeça. Com esse topetão não dá.


Então, Bené... tu tá deixando o Rio aí, ó... no fundo desse buraco aí, tá vendo?...



 
No plebiscito do PSTU, o Voto que Pariu vota contra as pilhas ALCAlinas!!!



 
Essa não dava pra deixar passar.



O candidato Ciro Lennon, em momento “Lulinha paz e amor”, dá entrevista coletiva explicando o papel de sua mulher, Patrícia Ono, em sua campanha.


 
Vitória de Rosinha deixaria Garotinho inelegível no estado.

Há males que vêem para o bem.


“Garotinho qué mamá na Rosinha!”


 


Wando, o sexy cabo eleitoral do Paraná
Cantor faz propaganda para senador e comitê distribui calcinhas autografadas

Taí, não tem coisa mais a ver que a putaria do Wando e a putaria que são as eleições.



 
Puxa... cancelaram o debate dos presidenciaveis que ia ter no SBT, eis a nota da emisssora que foi enviada a redação do Votoquepariu!!!

Leia a íntegra do comunicado:

"O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) comunica o encerramento das tratativas e o cancelamento da realização do encontro entre os principais candidatos à eleição ao cargo de Presidente da República, cuja transmissão se encontrava prevista para o próximo dia 15 de setembro.

O objetivo do SBT ao idealizar o programa era o de buscar uma reunião entre os candidatos, com a participação dos telespectadores, em que fosse privilegiada a exposição de propostas de governo, evitando-se o confronto direto, que sempre resulta em discussões improdutivas e não raramente ofensivas e atentatórias à dignidade pessoal.

Embora tivesse sido buscado exaustivamente um mecanismo que impedisse o afloramento de embates pessoais, não foi possível encontrar uma solução, o que infelizmente inviabilizou o prosseguimento das tratativas e impôs a finalização das providências para a concretização do evento."


Realmente, não ia ter a menor graça... como é que eles iam fazer tabelinha pra sacanear o Serra??


 
Da Luz em ação
2 megavolts de potência
Depois de um esforço megatoniano, a sucursal Votoquepariu na Bahia conseguiu uma imagem do frívolo candidato Da Luz em ação no Horário Eleitoral Gratuito. Ele, que recebeu batismo indígena de Árvore Resplandecente do Natal Popular no Pelourinho, pretende fazer uma aparição metéorica, como aeronaves cadentes em 11 de setembro, conforme relata esta reportagem:
"Da Luz" está satisfeito com inovação e promete surpresas
Para quem não entendeu patavinas desse delírio do realismo fantástico, clique aqui para conhecer uma parte da verdade.


5.9.02

 
Trechos do livro “Quem é Ciro Gomes no país dos conflitos”, livro-entrevista de 1994, lançado depois que Ciro deixou o ministério da Fazenda de Itamar Franco e FHC venceu as eleições, e cujos entrevistadores foram Miriam Leitão, Suely Caldas, Ancelmo Gois, Geneton Moraes Neto e Marcelo Pontes.

SOBRE JOSÉ SERRA

CIRO - É um homem brilhante. Esteve agora no Ministério (Nota do Vela: da Fazenda) me visitando. O Serra é fantástico, um grande quadro.
SUELY – Acha que ele seria um bom ministro da Fazenda?
CIRO – Acho (...) É quem tem a melhor estrutura de informação, com gente de todos os cantos.(...)


FHC

GENETON – E na política brasileira, existe algum político que tenha servido de modelo para o senhor?
CIRO – Durante toda a vida, sempre que as pessoas me perguntavam isso eu respondia: Fernando Henrique Cardoso. Mas, agora, não posso mais dizer, não é mesmo? [risos] Mas há entrevistas publicadas, desde que entrei na vida pública, onde eu dizia que meu modelo é Fernando Henrique Cardoso. (...) é positivamente progressista, mas não precisa gritar pra mostrar isso. Isso me agrada muito. Ele é bem humorado, é crítico, mas não precisa por isso ser ranheta, tem uma verve boa, e é denso.


BRIZOLA
(que nas eleições de 1994 ficou atrás do Enéas)

CIRO – (...) Acho que o Brizola errou muito, cometeu um grave erro consigo mesmo, devia ter compreendido que não reunia as condições objetivas, devia ter se poupado, poupado a sua biografia desse constrangimento. Duas coisas me amarguraram muito. Uma eu recortei e guardei, a fotografia do Nelson Carneiro chorando. A outra é o Brizola dizendo na televisão que armaram contra ele uma safadeza para humilha-lo, quando esse Enéas passou a frente dele. Eu peço a Deus que me poupe de uma coisa dessas. Mil vezes uma boa morte do que viver isso. acho que o Brizola não merecia isso, não.
ANCELMO – embora isto seja também a falência de um modelo, o senhor não acha?
CIRO – É sim. O Brizola errou tudo. Ele é a morte de um modelo político.


LULA

CIRO – O Lula é uma figura extraordinária. Extraordinária. Ele me atacou muitas vezes, de forma desonesta para o padrão dele inclusive, eu acho que é a amargura. Mas, na minha opinião, ele é uma pessoa de tanto valor que eu até deixei de responder a esses ataques, para manter a consideração que tenho por ele. Acho que é a melhor figura que a democracia brasileira produziu.(...) Ele fez a história do Brasil andar.

Agora que o Voto que Pariu desenterrou esses absurdos, Ciro Gomes vai despencar ainda mais nas pesquisas, não agüentará a pressão e renunciará!

VIVA O VOTO QUE PARIU!!!
VIVA!!!!!!!!!!
VIVA A DEMOCRACIA!!!
VIVA!!!!!!!!!!
VIVA O BOM MENINO!
VIVA!!!!!!!!!!
VIVA O CAREQUINHA!
VIVA!!!!!!!!!!
VIVA A MINHA CACHORRA QUE FEZ ANIVERSÁRIO ESSA SEMANA!!!
...


 
Nas minhas andanças por esse país, vejo a mazela do meu povo...
ih já to falando igual ao Ciróquio.

Não sei por que, mas fui premiado com a transmissão da propaganda política do Estado de Goias, esse lugar maravilhoso que eu não sei onde fica... mas alguns candidatos me chamaram a atenção e reproduzo um pouco da propaganda:

Deputados Estaduais:
- Sandro Mabel - 2512 - É só lembrar a data do natal.
- Leonor - 1478 - Leonor é paz e amor.
- Euler Ivo - PTB - Casa própria é um bom motivo pra votar em Euler Ivo.
- Fernando Alves - Candidato com cara de povo.
- Sandes Júnior - Radialista - O Amigo da Gente.
- Morena Prata - Em defesa do setor público produtivo?????
- David - Vote em David, o DNA.
É Goias, isso aqui é bom demaissss.

E pra terminar um 'jingle que não sai da minha cabeça:

Para mudar tudo que taí
dívida externa eu não vou pagar
barrar a alca e o FMI
Contra burgues é que eu não vou votar.



 


 
É grave a crise…

A instabilidade do mercado por causa das eleições dá nisso. Vendo que em tempos eleitorais os "faixeiros" (aqueles sujeitinhos que ficam segurando faixas com nomes de candidatos pelas calçadas) têm descolado uma graninha, até Cristo resolveu entrar nessa bocada….





 
* Considerado o candidato mais feio nas eleições passadas, João Mendes parece que tomou vergonha na cara dessa vez. Os galhardetes dele só contam com o nome e número. Nada da carranca horrenda da figura. Ainda bem, porque no último pleito houve até evasão escolar. As fotos dele ficavam em postes perto de escolas.


* O candidato a deputado estadual André Correia, do PV, tá distribuindo um santinho diferente. Alem das fuças dele no panfleto, um saquinho com sementes de girassol vem junto. “Dar uma semente de girassol é o mesmo que desejar sorte”, diz. Na Universidade Estácio de Sá (onde um analfabeto passou no vestiba) tinham vários desse aí jogados pelo chão. Se fosse semente de maconha duvido que ia ter algum sobrando. Ia ter até briga pra pegar.


* Se já é consenso universal que essa coisa de político ficar beijando criança e abraçando velho é o supra sumo do ridículo e da falsidade, por que ainda continuam fazendo? É constrangedor ver políticos esfregando seus bigodes na cara de garotinhas e velhos que mal conseguem segurar suas bengalas terem que se levantar a muito custo pra dar um abraço na Solange Amaral, por exemplo. O TSE tem que fazer alguma coisa.


 
Erro

Ritinha Camata visita fábrica de lingerie e recebe um sutiã de presente...


Geeeeente, meu número é 45 na eleição. Meu peitinho é 36...




 
Tecla SAP




4.9.02

 
Olhando os números do Ibope percebo que Garotinho está com 11% desde o início.... Sua candidatura sofre da síndrome de Peter Pan: e´um garotinho que não quer crescer...


 

Debates…


Todos reclamam da falta de consistência política dos debates entre os presidensiáveis. Falam que os programas de governo são iguais, que não se debatem propostas e que os encontros entre Lula, Serra, Ciro e Garotinho só servem pros quatro baterem boca como lavadeiras. Falam que as tvs têm que arrumar um jeito de melhorar os debates, impondo regras mais claras e rígidas para os melhorá-lo. Concordo com tudo, e acho que é mesmo a TV que deve consertar isso. Tenho algumas sugestões. Já que a moda são os games interativos e os reality shows, por que não fazem um debate nesse esquema?

Podiam colocar os 4 candidatos jogando uma partida de Banco Imobiliário. O banqueiro, claro, seria o FMI. Quem não for a falência, seria obviamente o melhor candidato;

Trancá-los numa casa com seus respectivos programas de governo e tentar convencer outras quatro pessoas de qual é o melhor. Seria como na Casa dos Artistas do sr. Abravanel, onde haviam artistas e fãs. Os piores seriam eliminados pelo público. Claro que, havendo alguma desobediência às regras – o Ciro Gomes espancando alguém, por exemplo – e a direção do programa poderia limar o candidato.

Fazer um "Fica Comigo" presidencial, no estilo da MTV. Um eleitor indeciso ficaria recebendo as cantadas dos candidatos e o mais convincente levaria o voto dele. Claro que no final, o eleitor teria a opção de não ficar com o candidato que restasse. Se não "rolasse um clima", o eleitor poderia votar em branco. Ou no candidato do PCO, o que daria no mesmo.

Produzirem um Hipertensão com os quatro. Eles teriam várias provas que testariam seu sangue frio, como engolir sapos do FMI e dos secretários americanos ou enfrentarem o trem da Central lotado na hora do rush, junto com seu eleitorado mais carente.

Essa seria só pra decidir que vai pro segundo turno: colocar o Serra e o Ciro na "Ilha de Sedução", juntos com a Rita Camata e a Patrícia Pillar.

Como vocês podem ver, opções e idéias existem várias!!! Basta que as redes de televisão usem de criatividade.



 


3.9.02

 
O SENHOR LAMPADINHA
Ele é iluminado. Ele é fluorescente. Ele é a árvore de natal que qualquer família de radicais xiitas pediu a Papai Noel. E ele é o maior hype das eleições na Bahia. O nome da criança é Rogério Tadeu, o "Da Luz", que, em nome do Partido dos Abilolados da Nação (PAN), pleiteia a mordomia do Palácio de Ondina, residência oficial do governador do estado. Com pouco mais de 30 segundos no horário político eleitoral gratuito, ele se tornou a maior vedete entre os políticos baianos, provocando crises de ciúmes em grandes caciques populistas. Todo os fanáticos masoquis..., digo, apreciadores do horário eleitoral aguardam ansiosamente o momento em que o indigitado farolete surge resplandecente nas telas de raios catódicos. É uma espécie de Enéas na versão neon. Tudo porque, em uma grande processo de inspiração marqueteira, o nosso "Da Lua", ou melhor, "Da Luz", resolveu grudar 350 lâmpadas na parte traseira de seu terno vagabundo de aposentado que, de forma sincopada, piscam uma mensagem cifrada alienígena mais ou menos com os seguintes dizeres: DA LUZ. Junte a esse pictórico espetáculo da semiótica o fato de jamais mostrar o rosto e ainda recitar uma série interminável de toscos trocadilhos em forma de slogans ("Não dê um voto no escuro", "Contra o apagão na política") e você terá o novo merecedor do voto de protesto na terra que já deu Ruy Barbosa ao Senado Federal.
Bem, depois de uma interminável investigação, o Votoquepariu conseguiu uma foto exclusiva do pisca-pisca e divulga a imagem do candidato, coisa que nem mesmo 10% dos seus abnegados 800 eleitores vão conseguir ver. Após uma análise imparcial, ficam patentes os motivos que levam o cidadão a alegar revolta contra os políticos para aparecer sempre "discostas":
Vai ser feio assim na corrente elétrica que o parta


 
Ciro Gomes, vá ao gerador de reclamações automático e faça a sua arenga de sempre...


 
Outra do Angeli...

Que tal chamar o cara pra participar desse blog????



 
Caramba, foi só eu falar como seria a minha campanha nas eleições que um tal de Capelli, do PC do B, apareceu no horário político com uma vela acesa na mão, com outros manés atrás dele segurando velas. Ele falava do corte de luz na UFRJ. Pra piorar, depois o cara apareceu ao lado do canhão da Jandira Feghali. Me senti insultado! Vou entrar na justiça eleitoral para processar esse cara por uso indevido da minha imagem.


 
Aviões de Lula e Maluf apresentam problemas técnicos em pleno vôo

A queda do avião que matou um político Zé Ninguém do Acre foi só um teste. Parece que a aviação brasileira está com saudades de fazer parte do cenário político nacional. Também, faz tempo que o Ulisses foi brincar de Aquaplay. E do Jango nem se fala.


 
Os candidatos nanicos não deram as caras no debate da Record. Zé Maria não teve dinheiro pra pagar a passagem do ônibus. E Rui Pimenta chegou na porta dos estúdios da emissora, mas quando ofereceram 10 reais pra ele agitar uma bandeira do Serra o candidato do PCO não pensou duas vezes. Preferiu a grana, que será investida na campanha.

Garotinho me conquistou. Não como presidente, é claro, mas como humorista. Foram dele as melhores sacadas do debate, todas contra o Serra:

“Quem vai governar não é a Elba Ramalho, o Chitãozinho e Xororó. É ele!”
“Dá um genérico calmante pra ele. Tá muito nervoso.”
“Se você acha que ia combater a dengue vacinando mosquito...”


Antes, o presidente do PPS do Ciro Gomes, Roberto Freire, deu a sua contribuição para o Voto Que Pariu:

“Esse negócio de Lulinha paz e amor é coisa de hippie”.

Muito bom Freire, muito bom!


 
Depois reclama…

Entre as várias opções de empresas aéreas que tinha para escolher, Lula foi escolher logo a TAM para ir ao Rio Grande do Sul…Não deu outra: o avião teve problemas, quase matando o petista de susto…

Tsk, tsk,tsk…depois reclama quando o chamam de burro…



 


 
É isso aí, paulistada!!!



 
Melhores momentos do debate de ontem na Record:

Serra: ... parabéns ao Garotinho, que é um ótimo ator, muito talento dramático...
Garotinho: ...tenho talento sim. Mas pelo menos não sou mentiroso. Humpf (mostrando a língua)
Serra: Olhaí, Bóris! O Garotinho tá me chamando de mentiroso!
Boris Casoy: Ai, ai, ai Garotinho! Que modos são esses?!
Garotinho: É mentiroso sim! Mentiroosooo! Mentiroosoo!!
Serra: Aí, Bóris! De novo!
Bóris: Garotinho! Vai ficar de castigo no próximo bloco, pronto!


* “Isso é o que dá colocar alguém que não entende no Ministério da Saúde. Ou o Serra acredita que eu ia acabar com a dengue vacinando mosquito?” (De Garotinho pra Serra)

* Serra pedindo direito de resposta toda vez que o governo FH era criticado. "Assim não dá, Serra. Se toda vez que o governo for criticado eu lhe conceder direito de reposta, só você vai falar" (resposta do Boris pro ofendido Serra)

* “Eu vejo aquele careca na TV, filhote do presidente, dizendo que vai criar oito milhões de empregos. Mas hoje o país caminha para 12 milhões de desempregados”. (Garotinho se referindo ao Serra, em Angra dos Reis, RJ)


 
Estrela

Quinta-feira, 13 horas. Rua do Carmo. Centro da cidade do Rio de Janeiro. Retornando do almoço, uma aglomeração na frente de um prédio comercial.

De repente, ele surge sorridente na calçada. Acenando e distribuindo beijinhos, cercado de seguranças, puxa-sacos, assessores, equipe de televisão. Dezenas de cabos-eleitorais se esgoelam, pulam, sacodem bandeiras. Do nada, surge uma bola de futebol. O “craque” mata (literalmente) a bola na canela e não consegue completar a segunda embaixadinha. Do meio da multidão, o comentário da hora: “Eu prefiro o Romário, bobão!” Sem esboçar qualquer reação, ele caminha apressadamente, a gritaria dos cabos-eleitorais aumenta e a equipe de televisão filma tudo. Carros particulares e vans iniciam a retirada do local.

A performance de “popmegasuperstar” era nada mais nada menos do candidato ao Senado, presidente da Assembléia Legislativa do Rio, Sergio Cabral Filho. Uma cena patética e ridícula.



Camiseta





Debate

Algumas pinceladas do debate dos presidenciáveis na Rede Record:

* Garotinho: “Quem vai governar é ele (Serra) e não a Elba Ramalho.”

* Serra disse que já foi um desempregado e que sobreviveu com dificuldades no Chile. Tadinho...

* Boris Casoy: “Por favor, não votem em mim!” Pode deixar. Se ainda fosse pro Gala Gay eu iria pensar...

* Boris Casoy acabou não resistindo a sua tendência governista e concedeu por várias vezes direito de resposta pro Serra, inclusive em um momento em que ele não foi nem citado.

* Serra torrando a paciência do Boris, por várias vezes: “fui citado, quero direito de resposta.” Quer direito de resposta? Então, lá vai: safado, mentiroso, careca, feioso. Pronto. Agora, você tem 2 minutos pra responder. (.................) Como você não respondeu, acabou seu tempo!

Nesse chama-chama de mentiroso, fica uma certeza: todos têm razão!


2.9.02

 
Produto novo na praça!